Follow by Email

Follow by Email

Follow by Email

27 de out de 2010

Tocando...

O talentoso pianista e maestro João Carlos Martins conduziu ontem a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre em concerto no Salão de Atos da UFRGS alusivo ao Outubro Rosa, movimento idealizado pelo Instituto da Mama do Rio Grande do Sul.

O programa foi composto por Brahms (Sinfonia Nº 1 em Dó menor), Mozart (Concerto para o Piano e Orquestra Nº 27) e o tema do filme Cinema Paradiso, composto por Ennio Morricone. Nesta exibição, ele foi maestro e também solista do concerto para piano e orquestra escrito por Mozart enquanto Sergey Eleazar de Carvalho conduzia a orquestra. Finalizou num solo ao piano com a canção “Luiza” de Tom Jobim, emocionando mais ainda a platéia que já o aplaudia de pé.

O pianista também regente dá mostras de força, coragem e de talento ao encarar a falta de movimentos nas mãos ao tocar, não somente o piano, mas o coração dos que ali estavam para apreciar tamanho desejo de vida e arte. Ao tocar com tão poucos movimentos o pianista mostra que o belo da arte não vem da técnica, mas da delicadeza do toque realizado com a “alma”. Palavras do maestro: “Se eu posso chegar ao coração das pessoas com um ou dois dedos, não é por que. É por que não?”

Obrigada maestro e pianista João Carlos Martins. Obrigada pelo exemplo, por mostrar que é possível. E, obrigada, pelo belo concerto, belas canções ao piano, pela bela noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário