Follow by Email

Follow by Email

Follow by Email

1 de nov de 2010

Feira do Livro, Haikais e a Poesia de Paula Taitelbaum

Caminhando hoje pela Feira do Livro tive uma grata surpresa ao me deparar com o evento “Degustação Literária” patrocinado pela Caixa Econômica Federal que promove um bate-papo com autores. Lá estava ela: Paula Taitelbaum, a autora-poeta que me abriu os olhos há anos atrás, em 2002, na mesma Feira do Livro de Porto Alegre, para o Haikai. Não que não conhecesse esse estilo de poesia, curta, sutil e pontual. Porém, naquela época, quando me deparei com o livro “Mundo da Lua”, um livro de poesias, entre outras, eróticas, o Haikai ganhou um novo sentido para mim. O que é isso, pensei. Pornografia? Não podia ser... qual não foi a minha surpresa em me deparar, ao folhear o livro, com belas poesias (Haikais) cuja delicadeza e força das palavras compunham versos enebriantes. Daquele instante comecei e não parei de ler e reler, copiar, citar contar sobre o que havia encontrado. Havia encontrado o jeito mais sexy de falar de sexo e sexualidade nos gestos de linguagem de Paula através de seus versos. De falar, de pensar, imaginar, sonhar... e tantos mais verbos que Paula escreveria aqui com menor pudor e maior maestria.

Fazendo jus a poeta, cito um de seus poemas...

“O Monte de Vênus é perto do Mundo da Lua
Você gravita por ele
Enquanto minha mente flutua.”




E no dia em que o Brasil elege sua primeira mulher Presidente, escolho mais um que fala sobre questões muito femininas... (não só).

“Minha querida,
Pra que repuxar tanto
Pra que todo esse botox?
Vão-se as rugas e o sorriso
Vem outro espelho
Ainda mais feroz”

Lindas poesias, lindos Haikais. Inspiram os amantes, os "bem e mal" amados, inspiram e fazem pensar, assim também transformam os corpos que por ali mergulham entre os versos cheios de audácia, leveza e coragem.

Que bom reencontrá-la na nossa Feira, espaço de cultura e produção de afetos.

Bons versos pra vocês!

2 comentários:

  1. Olá, bela poesia...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  2. Olá, Fernando! Lindas, não é? Essas poesias são da autora acima, eu só fiz essas escolhas entre tantas outras tão belas quanto!

    ResponderExcluir