Follow by Email

Follow by Email

Follow by Email

4 de nov de 2010

O Dia do Sofá!

Quarta-feira, dia oficial do Sofá! Ops! Pergunte a um rapaz ou uma moça de 20 anos por que quarta-feira é o dia chamado “dia do sofá”. Agora pergunte a um homem ou uma mulher de 40 anos. Os últimos, sorrindo, responderão pelo que lhes parece óbvio: “é..., bem... era o dia oficial do namoro, do pegar na mão, abraços e carícias permitidas no sofá da sala, enquanto os pais fingiam ir dormir mais cedo”. Mas já os rapazes de hoje dirão: “Dãaaa, (significando óbvio), é dia de assistir ao futebol e torcer pro time do coração, é sofá ou estádio”. Junta-se a galera, sai um churrasquinho, cervejinha. Namoro, namorada/o? Hã? Que isso? A única idéia de abraçar alguém é quando sai gol e não importa sexo, mentiras nem “Rock´n Roll” e sim se a pessoa ao lado está torcendo pro mesmo time.

O que aconteceu com a quarta-feira, com o dia da semana tão esperado o do “sofá”?

Na “sociedade do espetáculo”, (ver matéria postada em 14/10/2010) o amor e toda energia sexual contida nele parece que, cada vez mais, está destinado, principalmente para aquele/s que espelham o nosso ideal. Isto é, os heróis que desejamos ser e por nós fazem esse trabalho de chegar lá! Como lembra uma comédia romântica chamada “Scream & Yell” ou em português “Amor em Jogo”, baseado no livro Fever Pitch (Febre de Bola), que mostra bem essa produção cultural narcísica da nossa sociedade que coloca o futebol e seus jogadores como ídolos representantes da maior prova de afeto dirigida ao outro.

Ganhando milhões ou apenas uns 200 mil por mês, estão lá, “nossos” heróis dando a cara e o resto do corpo pra entreter a massa e ocupar o lugar deixado vazio por nossos amantes. Afinal, o que atraí mais? Uma relação de paixão com o time-herói, que na ordem de nossa identificação nos faz sentir vitoriosos, sem demandar “trabalho” nenhum para agradar o outro? Ou uma relação aonde as duas pessoas implicadas vem com suas diferenças cujo encontro nem sempre garante um prazer absoluto tal qual o conforto do sofá em frente a mega TV digital regada a uma ou duas, ou três, ou mais anestésicas cervejinhas para o caso do timão ter que ser perdoado?

Saudades das quartas-feiras...

4 comentários:

  1. Achei seu blog maravilhoso!!! Gostaria de ter o prazer de conhecê-la. Sou psicóloga e estou morando em POA há pouco tempo. Entrei pelo site da Kabbalah que iniciarei com Adriana. Meu e-mail é monica4259@hotmail.com. Parabéns e um abraço. Mônica Martins.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Mônica! Obrigada, claro podemos nos conhecer com certeza. Entre em contato comigo pelo e-mail denisemai@hotmail.com Te aguardo! Abraços, Denise.

    ResponderExcluir
  3. Querida Denise, parabéns pela escrita tão interessante, assuntos bacanas, enfim, muito legal teu blog! Beijão, Tamara

    ResponderExcluir
  4. Olá, Tami!! Que surpresa alegre ter vc aqui no blog!! Fiquei muito feliz e honrada quando li teu comentário!! O blog está servindo pra mim como um espaço que eu não estava encontrando no meio acadêmico. Os artigos científicos que escrevi e os que deveria escrever, me parecem que estavam "amarrados". Presos a regras, burocracia, uma linguagem extremamente hermética, enfim,importantes,porém restritos a muito poucos leitores. É muito bom saber que estou sendo "escutada" !! Já que estudei tanto, quero compartilhar.. Ampliar as idéias em discussões e interlocução com amigos, colegas, leitores interessados e "quem mais chegar"! Bjos, querida! Seja sempre bem-vinda!!!

    ResponderExcluir